Make your own free website on Tripod.com
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 .

 

SHEMA ISRAEL, ADONAI ELOHENU, ADONAI ECHAD! DEUT 6:4

 

Matzá

O pão de Itzsach

 

Estamos nos aproximando de mais uma Festa... Agora teremos Pessach, a Festa da Libertação do Egito. É uma Festa de profundo significado humano e profético, mas gostaria apenas de falar-lhes agora sobre o “O pão de Itzsach”. Se você não é judeu certamente não sabe do que estou falando... Mas, antes disso vamos comentar as últimas palavras de Ieshua através da visão de Rav. Sha´ul (Rabino Paulo). Ele nos diz o seguinte: “Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei: que o Senhor Ieshua, na noite em que foi traído, tomou o pão; e, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim” (I Co 11:23,24).

Certamente todos nos lembramos desta passagem que é dita novamente mês após mês entre os evangélicos. Ieshua pela primeira vez esta “oficiando” um seder (jantar) de Pessach e foi justamente num dos mais belos momentos do seder que Ele proferiu estas palavras. Segundo a tradição judaica, no seder existem três matzot (pães ázimos) que são colocados um sobre o outro e cobertos com uma toalha branca. O oficiante sempre toma a segunda matzá para parti-la e dá-la aos presentes. As matzot representam Avraham, Itzsach e Ia´acov (os patriarcas), e quando Ieshua estava celebrando a Festa tomou a segunda matza - O pão de Itzsach – e partiu-o para ser distribuído entre eles. Quando Ele fez isso certamente seus talmidim (discípulos) puderam ver algo novo e extraordinário naquele momento. Com aquela atitude Ieshua estava dizendo-lhes: “Lembram-se daquilo que aconteceu com Itzsach? Nosso pai Avraham levou-o para ser sacrificado ao Eterno – e ele era o seu único filho – mas no momento crucial algo aconteceu: um cordeiro aparece na cena e morre no lugar de Itzsach. Vocês sabem quem era Aquele Cordeiro? Era EU! Por isso agora tomo esta matza para dizer-lhes que assim como fiz com Itzsach poupando-o da morte, faço convosco o mesmo! Eu morrerei para que vocês tenham vida!

Fico imaginando que este deve ter sido um momento muito eletrizante da Celebração e certamente os talmidim de Ieshua ficaram atônitos e ao mesmo tempo sentiram que o momento era de um significado profético muito intenso. Por isso Ieshua disse: “Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim”. A matza não tem fermento, e Ele estava dizendo também aos talmidim: “Assim como deve ser feito O farei; pois entrego ao Pai em favor de cada um de vocês minha vida perfeita – sem pecado – a fim de que vocês sejam salvos e estejam Comigo naquele Dia! Mas, não se esqueçam: usem suas vidas para resgatar aqueles que ainda estão presos sob o jugo de Há Satan; façam isso e lembrem-se: eu vos dei o Exemplo" (...fazei isto em memória de mim...).

  O “pão de Itzsach” é comido a cada Festa de Pessach e aponta para nosso Senhor e Salvador Ieshua; nós certamente precisamos entender aquilo que Ele fez e imita-lo de tal forma que possamos, se preciso for, morrer por causa do Reino que nos será dado em breve!

O Ministério Profético Shema Israel deseja a todos os irmãos uma Feliz Festa de Pessach! Que esta seja a Festa que marque o fim de muitas coisas e o início de outras ainda mais espetaculares em nossas vidas. O momento chegará – e não tardará – quando celebraremos uma grande Festa com o Mashiach e novamente o veremos e lhe diremos: “Ieshua, tu és Melech Israel (Rei de Israel) para sempre”!

 

Mário Moreno

Pessach sameach!

 

VISITE A NOSSA LOJA ON-LINE

Temas DVs

HOME

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.